BARBACENA DEBATE POLÍTICAS PÚBLICAS CONTRA DROGAS

BARBACENA DEBATE POLÍTICAS PÚBLICAS CONTRA DROGAS

 

Kikito foi quem propôs a realização da audiências pública sobra as Drogas


Mobilizar a sociedade em busca de novas soluções para se combater o uso das drogas e somar esforços para que se avance nas questões que se referem ao tratamento e ao acolhimento de dependentes químicos.  Com essa proposta, a Câmara Municipal de Barbacena promoveu, no mês de novembro de 2011 uma Audiência Pública sobre Drogas.
Com o tema “Políticas Públicas sobre drogas”, o evento aconteceu no auditório da Escola Estadual Professor Soares Ferreira, com a parceria da Prefeitura de Barbacena. Na ocasião, o público presente teve a oportunidade de participar das discussões, questionando os debatedores e sugerindo ações.
“As drogas são um problema de toda a sociedade brasileira, de todos nós, e neste momento que estamos formatando a Política Nacional sobre Drogas no país, ouvir toda a comunidade é fundamental”, afirmou o presidente da Comissão Nacional de Políticas sobre Drogas, deputado federal Reginaldo Lopes, durante seu pronunciamento na audiência pública.
Segundo a prefeita de Barbacena, Danuza Bias Fortes, a audiência apresentou resultado positivo, uma vez que os debatedores puderam expor modelos de ações diferentes no que se refere ao enfrentamento às drogas: “tenho certeza de que saímos com uma visão muito mais estruturante para que possamos realizar as políticas públicas. É isso que o cidadão quer do Poder Público e dos órgãos não governamentais”.
A audiência pública, solicitada pelo vereador Carlos Roberto Batista (Kikito), contou com a participação de autoridades como a prefeita Danuza Bias Fortes, o vice-prefeito Edson Rezende, o presidente da Câmara Municipal, vereador Luiz Gonzaga de Oliveira, a presidente do Conselho Municipal Antidrogas, Patrícia Andrade de Sá Picinin, a gerente de Saúde Mental de Barbacena, Lúcia Helena Barbosa, o juiz da Vara da Infância, Joaquim Martins Gamonal, o comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Jesus Milagres, o delegado Regional de Polícia Civil, Marcus Vinicius de Paiva Silva, o presidente da Comissão Nacional de Políticas sobre Drogas, deputado federal Reginaldo Lopes e o deputado estadual Paulo Lamac.
            “Precisamos urgentemente de recursos para cuidar de todos os níveis de ajuda àqueles que estão na situação de dependência química, especialmente os usuários do crack, com esse objetivo realizamos essa audiência e vamos abrir uma frente em busca de ajuda para nossa cidade.” Disse Kikito. 

Procurar no site

© 2011 Todos os direitos reservados.

Danilo Turqueti de Souza DTSk8